Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Defederico acha que será reserva na Libertadores

'A Libertadores é uma competição que deve ser jogada com experiência', afirma o meia argentino

AE, Agencia Estado

11 de janeiro de 2010 | 18h39

O meia-atacante Defederico admitiu nesta segunda-feira que teme ser reserva do Corinthians durante a disputa da Libertadores. Ele acredita que o técnico Mano Menezes optará pela escalação de jogadores mais experientes, como Danilo, Tcheco e Iarley que foram contratados para esta temporada.

"A Libertadores é uma competição que deve ser jogada com experiência. O Corinthians montou um grupo bom para isso e acho que devo ter mais chances no Paulista", afirmou o argentino, que fez intenso trabalho para ganhar massa muscular em 2009.

Por isso, Defederico quer aproveitar o Campeonato Paulista para conquistar espaço no Corinthians e ganhar oportunidades também na Libertadores. "O Mano é um treinador inteligente e saberá quando me colocar em campo. Quero mostrar para ele que também tenho condições de disputar a Libertadores", disse.

Para a competição, o técnico Mano Menezes ainda não definiu qual esquema será utilizado. Com Tcheco e Danilo no meio, a equipe corre o risco de ficar lenta, apesar do bom toque de bola. Iarley e Jorge Henrique teoricamente disputam a mesma vaga, já que a de atacante de área pertence a Ronaldo.

Nas laterais, Roberto Carlos assume a esquerda e a direita provavelmente ficará com o experiente Alessandro, que é "homem de confiança" do técnico alvinegro, com a zaga sendo composta por Chicão e William. Os volantes devem ser Edu e Elias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.