Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Defesa vira um trunfo do Palmeiras para segurar o Goiás

Equipe alviverde busca a vitória nesta quarta-feira para assumir a liderança do Campeonato Brasileiro

Daniel Akstein Batista, O Estado de S. Paulo

21 de julho de 2009 | 22h48

Na espera por Muricy Ramalho, que só assume na sexta-feira, o Palmeiras confia no bom momento de Jorginho para assumir a liderança do Campeonato Brasileiro no jogo contra o Goiás, nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 13.ª rodada - acompanhe pelo estadao.com.br. O time tem a mesma pontuação do Atlético Mineiro, que joga na quinta.

 

Veja também:

linkMuricy Ramalho é o novo treinador do Palmeiras

linkJorginho comemora contratação de Muricy Ramalho

forum Enquete - Muricy terá sucesso no Palmeiras?

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

A partida será mais um teste para o Palmeiras, dono da melhor defesa do Brasileirão, ao lado do Atlético-MG, com 12 gols sofridos. Do outro lado, o Goiás tem Felipe, um dos artilheiros do campeonato, com 8 gols.

 

"Não houve qualquer mudança de ambiente. Jogamos bem também com o Vanderlei Luxemburgo. Mas com o Jorginho, as vitórias estão acontecendo. Assim, tudo fica mais fácil", explicou Cleiton Xavier sobre a grande fase do Palmeiras na competição. Mas o camisa 10 passou a ter com o interino uma função mais ofensiva, de armação. Ao lado de Diego Souza, tem se destacado bastante.

 

A defesa palmeirense sempre foi um dos setores mais criticados. Em janeiro, Maurício Ramos e Danilo, recém-contratados, tiveram de explicar o que fariam para melhorar a zaga. Mesmo com os reforços, as criticas continuaram no Estadual. Agora, porém, pararam. "A gente pegou uma herança de alguns anos, em que a zaga era sempre criticada", lembrou Danilo, que não terá a companhia do suspenso Maurício Ramos. "Hoje vivemos bom momento".

 Goiás
Harlei; Vitor, Leandro Eusébio, Ernando e Júlio César; Valmir Lucas, Amaral, Ramalho e Felipe Menezes; Iarley e Felipe
Técnico: Hélio dos Anjos
 Palmeiras
Marcos; Wendel, Danilo, Marcão e Armero; Jumar, Edmílson, Cleiton Xavier e Diego Souza; Willians e Obina
Técnico: Jorginho
Árbitro: Evandro Rogério Roman (FIFA/PR)

Estádio: Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Horário: 21h50

TV: Band

 

Sem Maurício, Marcão deve ganhar lugar no time. Jorginho não pensa em alterar o esquema 4-4-2, o mesmo utilizado desde que assumiu a vaga de Luxemburgo. Uma formação, aliás, de sucesso. "Jogando no mesmo esquema a gente ganha no entrosamento", explicou Danilo, sabendo das dificuldades que a equipe terá nesta quarta. "Vai ser um teste (para a defesa)". O Palmeiras também não contará com Pierre e Ortigoza, suspensos.

 

Mesmo assim, Jorginho preferiu não pistas para o adversário. Nesta terça, última atividade antes da partida em Goiânia, comandou um dos conhecidos (e odiados pela imprensa) treinamentos secretos. A atividade estava programada para começar às 15h30. Os jornalistas apenas tiveram acesso à Academia de Futebol às 17h20.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.