Definidas as equipes da Mercosul 2001

As equipes do Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Flamengo, Vasco, Cruzeiro e Grêmio, serão os sete representantes do Brasil na Copa Mercosul 2001, segundo anúncio feito hoje, em São Paulo, pelo empresário J. Hawilla, presidente da Traffic - a empresa de marketing esportivo responsável pela organização da competição. O critério técnico usado no ano passado, quando o Atlético Mineiro foi convidado por ter sido o vice-campeão brasileiro no ano anterior, não foi obedecido desta vez. O São Caetano, vice-campeão da Copa João Havelange, ficou de fora. O torneio terá ainda seis clubes da Argentina, três do Chile, dois do Paraguai e dois do Uruguai .Neste ano, a Mercosul deverá ganhar um novo fôlego. Segundo Hawilla, além de um bom prêmio em dinheiro (o valor ainda não está definido, mas em 2.000 foram US$ 4 milhões), o campeão estará garantido no Mundial de Clubes, organizado pela Fifa. Ainda segundo Hawilla, o Mundial de Clubes de 2002 vai crescer um pouco mais. O número de times vai subir dos atuais 12 para 16 participantes e, ao contrário do que ocorreu este ano, o campeão de 2001 terá vaga garantida na edição seguinte. Na primeira edição, em 2.000, eram apenas oito e o campeão (Corinthians) ficou de fora. O empresário afirmou também que até 2003, a América do Sul deverá contar com três representantes no Mundial: duas vagas serão ocupadas pelo campeão da Libertadores e pelo campeão da Mercosul. O terceiro representante será escolhido a partir de critérios a serem estabelecidos pelo comitê executivo da Confederação Sul-Americana de Futebol.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.