Deivid é apresentado no Criciúma: 'Não temos que ficar acostumados com Série B'

Ex-atacante chega com planos ambiciosos e que levar clube catarinense a novo patamar

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2016 | 18h30

O Criciúma apresentou na tarde desta terça-feira o seu novo treinador. O ex-atacante Deivid, agora também conhecido como Deivid Souza, de 37 anos, chegou com planos ambiciosos. Em seu segundo trabalho como treinador, ele quer se firmar e levar o time catarinense a um novo patamar.

"Eu vim aqui ser mais um, eu quero fazer história, quero deixar um legado. Estou aqui para vencer. Quero colocar o Criciúma no lugar onde ele merece. Não temos que ficar aqui, acostumados a disputar a Série B, o Criciúma tem estrutura para disputar as melhores competições" afirmou o treinador.

O Criciúma se acostumou a viver uma gangorra de divisões. Chegou a passar pela Série C em 2009 e 2010 e chegou de novo à primeira divisão em 2013. Ficou na elite só por dois anos, até 2014, e nas últimas duas temporadas esteve na Série B. Este ano, ficou em oitavo.

Já Deivid começou o ano de 2016 como técnico do Cruzeiro, efetivado depois de chegar ao clube como assistente técnico de Vanderlei Luxemburgo e ser contratado como funcionário permanente, trabalhando como auxiliar de Mano Menezes. Como treinador, entretanto, só se segurou até meados de abril, sendo demitido depois da eliminação nas semifinais do Campeonato Mineiro. Desde então, não recebeu novas oportunidades, passando o restante do ano desempregado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.