Deivid é vendido para o Bordeaux

O Cruzeiro não poderá contar mais com o atacante Deivid. O artilheiro do Campeonato Brasileiro, com 15 gols, ao lado de Luís Fabiano, do São Paulo, foi negociado com o Bordeaux, da França, por US$ 5,1 milhões, segundo anunciou neste sábado o presidente do clube mineiro, Alvimar de Oliveira Costa. Os direitos econômicos de Deivid pertenciam ao Nova Iguaçu (75%) e à Hicks, Muse, Tate & Furst (HMTF), ex-parceira do Cruzeiro, que detinha os 25% restantes. De acordo com Alvimar, o clube terá direito a US$ 1 milhão, como indenização pela quebra do contrato de empréstimo do atleta, que terminaria somente no dia 31 de dezembro.Segundo o presidente do Cruzeiro, por uma cláusula no contrato de Deivid, o Cruzeiro seria obrigado a liberá-lo caso houvesse uma proposta superior a US$ 5 milhões. O jogador embarca ainda neste sábado para a França e não joga a partida de domingo, contra o Paraná, às 18 horas, no Mineirão. Ele deverá ser substituído por Mota.Alvimar Perrella, como é conhecido o dirigente mineiro, disse que tentou, sem sucesso, adquirir 50% dos direitos econômicos de Deivid durante as negociações que culminaram com sua ida para o futebol francês. Ele estima que o atacante irá embolsar pouco mais de US$ 1 milhão pela transação e receberá salários em torno de US$ 100 mil mensais.Apesar de lamentar o momento em que deixa o clube - o Cruzeiro é líder isolado, com 40 pontos - e o fato de ser um dos artilheiros do Brasileiro, Deivid salientou que estava realizando "um sonho" e que esta é a oportunidade de se tornar independente financeiramente. "Estou saindo tranqüilo e espero que o Cruzeiro possa ser campeão brasileiro", disse o atacante, que foi contratado junto ao Corinthians em fevereiro deste ano.De acordo com Alvimar, a transferência foi "inevitável". "A gente fica extremamente chateado. Além da diferença financeira enorme entre os clubes brasileiros e os da Europa, ainda tem o problema do calendário", explicou.A saída de Deivid deve acelerar a movimentação da diretoria cruzeirense na tentativa de trazer mais reforços para o time. O vice-presidente de futebol do clube, Zezé Perrella, esteve na Europa na semana passada tentando a contratação do atacante Pena, ex-Palmeiras e atualmente no Porto. Alvimar garantiu que nos próximos dias o Cruzeiro tentará "incansavelmente" contratar mais dois atacantes para o técnico Vanderlei Luxemburgo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.