Divulgação
Divulgação

Deivid pede calma para Cruzeiro reverter semifinal contra o América-MG

Técnico não quer desespero após revés de 2 a 0

Estadão Conteúdo

17 de abril de 2016 | 08h42

A primeira derrota do Cruzeiro no Campeonato Mineiro foi justamente na semifinal. Neste sábado, no estádio Independência, o time celeste foi batido pelo América por 2 a 0 e precisará vencer por dois ou mais gols de diferença no próximo final de semana, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, para avançar à final do Estadual. O técnico Deivid pede tranquilidade ao time para obter o resultado que precisa na partida de volta.

"Começamos bem a partida, conseguimos controlar o jogo, mas tomamos um gol aos 42 minutos. Não podíamos tomar. Mais uma vez gol de bola parada. Ela não termina no primeiro lance. Temos de acompanhar até tirar da área. Agora é ter tranquilidade, esfriar a cabeça, ver onde erramos, para domingo poder reverter", disse o treinador.

Deivid gostou do segundo tempo do Cruzeiro e valorizou a boa partida feita pelo América, que segundo ele valorizou a posse de bola e diminuiu os espaços da equipe celeste. "No segundo tempo tivemos mais controle que o América. É só ver o gol. O América jogou do meio para trás. Perdemos a posse de bola, e o rival fez o segundo gol. Faltou ter mais ambição. Na hora de fazer o gol. Todos estamos no mesmo processo. Não adianta falar. Vai ganhar jogando. Tivemos o controle do jogo. Temos o segundo jogo e temos de reverter", afirmou.

Capitão do time, o goleiro Fábio crê em uma reviravolta cruzeirense no próximo domingo. "Vai ser um grande jogo e com o apoio do nosso torcedor podemos conseguir o resultado. Jogar em casa com o apoio do torcedor, com muito trabalho, tranquilidade e responsabilidade de fazer a jogada certa no momento certo, assim teremos a chance de reverter a situação", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
CruzeiroDeividFábio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.