Deivid, Rafael Moura e Renato prestigiam torneio amador

Os atacantes Deivid, do Flamengo, Rafael Moura, do Fluminense, e o meia Renato, do Botafogo, participaram nesta segunda-feira do lançamento da Taça das Favelas, que vai reunir milhares de adolescentes entre 15 e 17 anos no Rio. O evento, organizado pela Central Única das Favelas (Cufa), vai contar com a participação de 80 seleções de comunidades cariocas: 64 masculinas e 16 femininas.

TIAGO ROGERO, Agência Estado

03 de outubro de 2011 | 14h11

"Futebol ensina a formar caráter, a ter disciplina, a aceitar e sair de situações adversas no campo e na vida", discursou Rafael Moura. "Uma da qual eu não consegui sair foi a timidez em falar em público", brincou.

A partir desta segunda as associações de moradores de todas as favelas do Rio poderão se inscrever pelo site www.tacadasfavelas.com.br. Dentre as cadastradas, 80 seleções vão ser escolhidas e cada uma delas poderá ter 300 jovens inscritos. Os 14 atletas de cada seleção serão escolhidos por uma comissão mista formada por profissionais de educação física, funcionários da Nike (patrocinadora do campeonato) e integrantes da Cufa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolTaça das Favelas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.