Deivid: Santos negocia com Bordeaux

A situação do centroavante Deivid continua indefinida, mas hoje o jogador informou que o Santos mandou um fax para o Bordeaux.Ele não revelou o conteúdo, mas é uma indicação de que os santistas querem mesmo ficar com seu futebol, seja pela prorrogação do empréstimo, seja pela contratação em definitivo. Quanto ao atacante Giovanni, já se tem como certo na Vila Belmiro que ele deverá reforçar o time ainda no final deste mês, quando terminar o campeonato grego. Deivid estava bem humorado e, antes de receber a primeira pergunta dos jornalistas na coletiva, perguntou: "se eu saio ou fico, é isso que vocês querem saber?". Mas não evitou comentar a situação, que evoluiu com o fax enviado pelo Santos ao Bordeaux, clube que detém seus direitos federativos. "Não sei o que vai acontecer, mas em março havia uma proposta concreta do Atlético de Madri e o presidente do Bordeaux só estava esperando eu bater o martelo e não bati porque meu contrato com o Santos ia até o final de junho e que eu não queria sair da forma que havia saído anteriormente. Então, ele falou que a hora que eu aceitasse a proposta, ele voltaria a conversar comigo". O centroavante acha que o dirigente francês está aguardando uma posição sua. "Como falei, quero ficar aqui, ser campeão de novo e meu objetivo é ser artilheiro. Espero que os dirigentes do Santos conversem com ele e que tudo dê certo para continuar aqui". TIME - O Santos está praticamente definido para o jogo de sábado contra o Atlético-PR, entrando Zé Elias na função de segundo volante, já que Bóvio vai cumprir suspensão. Luciano Henrique deverá ser o quarto homem de meio-de-campo, auxiliando a armação das jogadas de ataque ao lado de Ricardinho. No coletivo de hoje, Gallo experimentou novamente tirar um volante (Zé Elias) para a entrada de Fabiano, o que deu mais ofensividade à equipe. Isso porque o time fica com um jogador de referência na área, enquanto Robinho e Deivid recuam um pouco. Nesse caso, Ricardinho fica mais preso na marcação. O esquema funcionou bem no jogo de domingo passado contra o Coritiba, mas Gallo tem ainda outra arma para mexer no ataque durante a partida: Basílio assinou hoje seu novo contrato de 18 meses e está pronto para ajudar o time.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.