Carlos Barria/Reuters
Carlos Barria/Reuters

Del Bosque defende Torres e banca atacante como titular

Técnico espanhol diz confiar 'plenamente' no atacante, que não marcou nas quatro partidas que jogou

AE, Agência Estado

30 de junho de 2010 | 18h03

POTCHEFSTROOM - O atacante Fernando Torres chegou à Copa do Mundo da África do Sul ainda se recuperando de uma cirurgia no joelho direito, mas nem a recente lesão vem poupando o jogador das duras críticas na Espanha. Após mais uma atuação apagada na vitória por 1 a 0 sobre Portugal, que valeu a vaga nas quartas de final, o técnico Vicente del Bosque teve que sair em defesa de seu atacante titular nesta quarta-feira, 30.

Veja também:

linkXabi Alonso exige que Espanha ignore euforia da classificação

linkTécnico da Espanha comemora boa atuação dos 'menos badalados'

especial CRONOLOGIA: Copa, dia a dia

tabela TABELA - Jogos | Classificação | Simulador

Justificando ser "impossível que não haja discussão (sobre a escalação) em um campeonato deste tipo", Del Bosque garantiu Torres como o companheiro de David Villa no ataque. "(O Torres) jogou os quatro jogos, bastante minutos, e vai além. Confiamos plenamente nele, e também sabemos que o Fernando Llorente ainda vai nos dar muitas coisas", disse, lembrando o substituto imediato do atacante.

O que acirrou a discussão sobre a permanência de Torres no time titular foi justamente a entrada de Llorente no triunfo sobre os portugueses. Ainda no início do segundo tempo, o reserva substituiu Torres e teve uma boa atuação, bem superior ao desempenho discreto do jogador do Liverpool. Mesmo assim, Del Bosque garante que manterá Torres para o jogo de sábado, contra o Paraguai.

Sobre os paraguaios, inclusive, o treinador espanhol fez questão de rasgar elogios. "Se me deixassem escolher um dos sete que chegaram às quartas não saberia qual é mais fácil. O Paraguai, como todos os sul-americanos, está demonstrando que tem caráter, com jogadores que exercem muita pressão, com funções definidas, com a bola e sem a bola", comentou Del Bosque.

  

 

 

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.