Oliver Weiken/EFE
Oliver Weiken/EFE

Del Bosque espera Fabregas e Soldado e faz mistério na seleção espanhola

Treinador quer deixar algumas dúvidas para dificultar o trabalho de Cesare Prandelli

FERNANDO FARO e PAULO FAVERO - Enviados especiais, Agência Estado

26 de junho de 2013 | 15h53

FORTALEZA - Ao contrário do que fez até aqui na Copa das Confederações, Vicente del Bosque resolveu não confirmar o time da Espanha que enfrenta a Itália nesta quinta-feira, às 16 horas, no Castelão. O treinador quer deixar algumas dúvidas para o confronto válido pela semifinal do torneio para dificultar o trabalho de Cesare Prandelli.

A principal dúvida é se Cesc Fabregas e Roberto Soldado, que sentiram dores musculares contra a Nigéria e foram poupados dos trabalhos com bola até aqui, terão condições de jogo. O comandante elogiou a recuperação dos dois e disse que espera tê-los à disposição, mas não quis confirmar nada além disso.

"O treino deles foi muito bom, treinaram com os preparadores ontem (terça-feira) e vamos ver até onde eles chegarão. Creio que poderemos contar com eles amanhã (quinta)", explicou del Bosque. A dúvida maior é saber se Soldado continuará na equipe mesmo se estiver bem fisicamente. Isso porque Fernando Torres vem atuando bem e se destacou na vitória contra a Nigéria - marcou um gol e deu novo gás à equipe enquanto o titular passou em branco e perdeu duas chances claras.

Outro mistério envolve o aproveitamento de Casillas. Capitão da equipe, ele participou de apenas da estreia contra o Uruguai e entrou no rodízio com Reina e Valdés, que encararam Taiti e Nigéria respectivamente. Perguntado sobre a possível volta do jogador, o técnico se esquivou. "Isso vocês verão amanhã (quinta), não posso responder a uma pergunta que não quero revelar", disse.

Apesar do suspense de Del Bosque, os próprios companheiros entregam o segredo e dão todas as pistas de que Casillas estará em campo para a semifinal. "É nosso capitão, o jogador que tem mais partidas pela seleção, e para nós é importante sua presença. No momento decisivo sempre se destaca com suas defesas e liderança, já vimos isso diversas vezes", elogiou Sergio Busquets.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.