DIDA SAMPAIO/ESTADAO
DIDA SAMPAIO/ESTADAO

Del Nero cogita alterar horário dos jogos da noite a partir de 2016

Partidas das 22h podem ser antecipadas em 20 minutos

DANIEL CARVALHO, O Estado de S. Paulo

09 de junho de 2015 | 17h37

Em audiência pública na Câmara dos Deputados nesta terça-feira, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, disse que o horário dos jogos pode ser antecipado das 22h para as 21h40. "Há uma grande possibilidade de, já em 2016, conseguirmos isso", afirmou o dirigente. O horário atual leva em conta a exibição na TV aberta, mas desagrada jogadores e torcedores.

Del Nero está sendo sabatinado por deputados desde o início desta tarde. Ele foi convidado pelo deputado Marcelo Matos (PDT-RJ) para explicar sua suposta participação no esquema de corrupção envolvendo a CBF e a Fifa, entidade máxima do futebol mundial.

Nas primeiras três horas de depoimento, Del Nero disse que, apesar do apelo de parlamentares, não renunciaria ao mandato que assumiu em 16 de abril deste ano. O dirigente também disse considerar seu antecessor, José Maria Marin, "um irmão" e "grande companheiro", mas alegou não responder pelos atos do ex-presidente da CBF, preso na Suíça por suposto envolvimento no esquema de corrupção.

O atual presidente se eximiu de culpa, embora tenha admitido participação em contratos firmados por Marin quando era vice-presidente. "A gente podia opinar, mas a decisão final era dele (Marin)", afirmou. Del Nero disse não ter notícia de estar sendo investigado e afirmou que só aceitaria a quebra de seus sigilos mediante ordem judicial.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCBFhorários dos jogosFIfa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.