Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Del Nero cutuca Felipão e faz pouco caso da 'família Scolari'

Presidente da CBF destaca mudança de liderança com Dunga

ALMIR LEITE E MARCIO DOLZAN, O Estado de S. Paulo

16 de abril de 2015 | 19h37

Marco Polo Del Nero deu uma estocada nesta quinta-feira no técnico Luiz Felipe Scolari, que comandou a seleção brasileira na Copa do Mundo e foi contratado com sua aprovação. Ao falar sobre a "tragédia" que foi a derrota por 7 a 1 para a Alemanha, ele disse que a seleção trocou a filosofia da "família" pela modernidade.

"Foi uma tragédia naquele dia (em que a seleção foi goleada). Mas hoje temos outra mentalidade. O Dunga não gosta desse negócio de família", disse. "Ninguém tem cadeira cativa. Ele costuma dizer aos jogadores que se alguém deixa a cadeira vazia vem outro e senta. É assim que eu entendo que deve ser".

Nas suas duas passagens pela seleção brasileira - tanto na vitoriosa campanha de 2002 como no fracasso do ano passado - Felipão trabalhou a partir de determinado momento com um grupo fechado de jogadores. No ano do penta, o grupo ficou conhecido como "a família Scolari".

Del Nero entende que a seleção vai recuperar o prestígio rapidamente, "porque temos mais a ensinar do que a aprender" em nível mundial. Mas também porque hoje o comando está em boas mãos. "O Dunga e o Gilmar (Rinaldi, coordenador) gostam de trabalhar, estudar. É disso que precisamos. Trabalhar na evolução técnica, científica. É outra mentalidade. Eu percebo que o trabalho deles é muito bom".

O presidente, porém, admitiu que é um erro o Brasil continuar a agir com arrogância, usando os cinco títulos mundiais para isso. "Não podemos ficar achando que somos deuses do futebol. Em cima desse estudo técnico e científico vamos usar algumas coisas deles (as principais escolas do futebol), mas eles também usam as nossas".

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.