Del Nero depõe amanhã na Câmara

O presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Marco Polo Del Nero, depõe nesta quinta-feira na Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados, em Brasília. E ele já sabe o que falar na audiência pública. ?Considero que esse episódio negro na história da arbitragem não vai mais se repetir. Se perguntarem, vou explicar todas as medidas que tomamos para moralizar as arbitragens?, contou o dirigente.De fato, a FPF já tomou algumas medidas. A Comissão de Arbitragem tem um novo presidente, o coronel Marinho, que já trabalha pensando no Paulistão/2006. O corregedor Bento da Cunha, ex-delegado, retoma as atividades em 2 de novembro. E o Disque-Denúncia deve começar a funcionar dentro de duas semanas ? pelo telefone 0800-7267011, que ainda não foi ligado.Além disso, os árbitros Edílson Pereira de Carvalho e Paulo José Danelon, os principais envolvidos no escândalo da arbitragem, estão banidos do futebol.?Considero que essa relação entre o Legislativo e o futebol é excelente. É um canal que deve permanecer aberto o tempo todo?, disse Marco Polo, sobre o convite para falar na audiência pública da Câmara.

Agencia Estado,

26 de outubro de 2005 | 17h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.