Montagem/AP
Montagem/AP

Del Nero diz que só falará ao Comitê de Ética quando solicitado

Presidente licenciado da CBF ainda não foi 'convocado'

O Estado de S. Paulo

22 de dezembro de 2015 | 09h01

O Departamento de Comunicação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) afirmou segunda que Marco Polo Del Nero comentará a investigação do Comitê de Ética da Fifa contra ele apenas diretamente ao órgão, quando for solicitado. "O presidente licenciado da CBF, Marco Polo Del Nero, responderá exclusiva e oportunamente a tudo o que lhe for questionado ao próprio Comitê de Ética, demonstrando sua isenção em relação a qualquer conduta inadequada que lhe seja eventualmente atribuída", diz nota enviada pela assessoria da entidade ao Estado.

Del Nero ainda não foi convocado pela Fifa para prestar esclarecimentos, o que deve acontecer nas próximas semanas. O dirigente pediu licença da presidência da CBF sob a alegação de que iria se dedicar a sua defesa, após ser acusado de corrupção pelo FBI e de a Fifa ter anunciado que estava investigando o cartola brasileiro. Para o seu lugar na CBF, Del Nero indicou o deputado federal Marcus Vicente (PP-ES).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCBFDel Nero

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.