Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Em reuniões, membros da CBF representarão Del Nero

Fernando Sarney substituirá presidente em encontros da Conmebol

Rodrigo Viga Gaier, REUTERS

20 de outubro de 2015 | 11h46

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Marco Polo del Nero, vai ser representado em reuniões da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) por outros membros da CBF, e não deixará seus cargos tanto na entidade continental como no comitê executivo da Fifa, disse o secretário-geral da CBF, Walter Feldman.

"Não tem essa dele sair. Continua como está e o Del Nero não está de saída", disse Feldman à Reuters pelo telefone, na noite de segunda-feira, em resposta a especulações de que o presidente da CBF seria substituído pela Conmebol na Fifa devido a ausências repetidas em reuniões recentes.

Segundo Feldman, Del Nero será representado nos encontros da Conmebol por Fernando Sarney, um dos vice-presidentes da entidade, e por Reinaldo Bastos, da Federação de Futebol de São Paulo e diretor da CBF.

Del Nero não deixa o Brasil desde que dirigentes ligados à Fifa foram presos em Zurique, em maio, devido a indiciamento da Justiça norte-americana por um escândalo de corrupção na entidade responsável pelo futebol mundial. Entre os presos está o ex-presidente da CBF José Maria Marin.

Para Feldman, a ausência de Del Nero dos encontros da Fifa e da Conmebol "não tem causado nenhum problema" para o dirigente. "Há uma compreensão da parte da Conmebol", disse o secretário-geral.

Segundo ele, Del Nero optou por ficar no Brasil nos últimos meses para resolver "questões relativas ao futebol brasileiro".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCBFMarco Polo Del Nero

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.