Paul Ellis/AFP
Paul Ellis/AFP

Dele Alli volta a treinar, mas deve ser desfalque da Inglaterra contra o Panamá

Meia se ressente de lesão muscular na coxa sofrida durante a vitória sobre a Tunísia por 2 a 1

Estadão Conteúdo

23 Junho 2018 | 08h58

O meio-campista Dele Alli voltou a treinar após perder atividades com a seleção inglesa por causa de dores musculares, mas ainda não foi liberado para trabalhar sem limitações. Neste sábado, em Nijni Novgorod, o jogador fez exercícios afastado de elenco e comissão técnica da Inglaterra.

+ Dele Alli fica fora de mais um treino e segue como dúvida

+ Provável novo titular, Rashford prevê duelo físico contra o Panamá

+ Southgate desloca o ombro e brinca: 'Melhor eu que os meus jogadores'

Alli esteve ausente de qualquer treinamento nos últimos quatro dias. O jogador sentiu uma lesão muscular na coxa durante participação na vitória por 2 a 1 sobre a Tunísia, na última segunda-feira, em Volgogrado, partida na qual ele foi substituído aos 35 minutos do segundo tempo.

O treinador Gareth Southgate disse ser improvável a escalação de Alli no duelo contra o Panamá, às 9 horas (de Brasília) deste domingo, em Nijni Novgorod. Vídeo publicado pelo tabloide inglês The Sun indica que Ruben Loftus-Cheek será o substituto - o nome do meio-campista apareceu em uma imagem ampliada com as anotações do auxiliar técnico Steve Holland, na qual estavam escritos os nomes dos prováveis titulares.

Com três pontos ganhos na tabela de classificação do Grupo G, a Inglaterra ainda terá mais uma partida a fazer depois de enfrentar o Panamá. A seleção inglesa vai jogar contra a Bélgica na última rodada da primeira fase, às 15 horas (de Brasília) da próxima quinta-feira, em Kaliningrado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.