Denílson aposta em Ronaldo na Copa

A Europa está preocupada com o futuro de Ronaldo. A mídia dá grande destaque à nova contusão do atacante brasileiro, desta vez na coxa esquerda. Mas ainda existem aqueles otimistas, que confiam em sua recuperação total. Denílson, atacante do Betis e candidato a defender o Brasil na Copa do Mundo na Coréia do Sul e do Japão, é um deles. "A seleção na Copa vai ter Ronaldo e mais 21", afirmou o jogador.Denílson rasgou elogios ao atacante da Internazionale de Milão. Para ele, Ronaldo é mesmo um "Fenômeno" - apelido dados por espanhóis e italianos na época em que o brasileiro vivia a melhor fase da carreira. "O Ronaldo é um craque, rápido, habilidoso, dribla bem, é um jogador extraordinário e, com certeza, vai estar na Copa", disse o jogador do Betis.Denílson foi mais longe. Chegou a dizer que o ?Fenômeno? tem ainda mais recursos do que Romário e é imprescindível para a seleção. Mas essa série de contusões não pode prejudicar a sua presença no Mundial? "Não, ele vai estar lá. Depois de tanto tempo parado, é normal que ele se machuque com freqüência."O atacante do Betis acredita que o técnico Luiz Felipe Scolari já tenha a base da seleção montada em sua cabeça e diz estar confiante em fazer parte desse grupo. "Preciso e espero estar na lista". Além de sonhar com a disputa de sua segunda Copa do Mundo, o jogador revelado em 1994 no São Paulo acha que a competição pode lhe projetar mais e ajudá-lo a receber uma proposta de um grande clube da Europa.Em julho, Denílson completará 4 anos em Sevilha - com um interrupção de seis meses para atuar no Flamengo - e, por isso, não descartaria uma mudança de clube. Ele avisa, porém, que não pretende voltar ao Brasil. Sua passagem pelo Flamengo não foi boa. "Lá existia muita vaidade. O Edílson e o Petkovic não se falavam, não se olhavam e não tocavam a bola um para o outro", lembrou.

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2002 | 15h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.