Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Denilson assina e fica no São Paulo até o fim de 2017

Jogador estava cedido por empréstimo ao clube até o final de mês

AE, Agência Estado

14 de junho de 2013 | 11h13

SÃO PAULO - O volante Denilson assegurou a sua permanência no São Paulo, como já era esperado, por mais quatro anos e meio. Nesta sexta-feira, o jogador, que estava cedido por empréstimo ao clube até o final do mês pelo Arsenal, assinou contrato com o time do Morumbi até o final de 2017. Satisfeito, agradeceu a confiança da comissão técnica e da diretoria.

"Tenho que retribuir toda essa confiança da diretoria e da torcida com boas atuações. Recebi propostas e algumas até melhores, financeiramente, mas o amor e a identificação com o São Paulo pesaram na escolha", afirmou o volante, que teve o seu contrato com o Arsenal rescindido em 3 de junho.

Formado nas categorias de base do São Paulo, Denilson já disputou 128 partidas pelo São Paulo e marcou apenas um gol, no ano passado, durante clássico contra o Palmeiras, válido pelo Campeonato Brasileiro.

Denilson foi vendido ao Arsenal em 2006 e retornou ao time do Morumbi em julho de 2011, emprestado por um ano, em acordo que posteriormente foi renovado pelo mesmo período. Agora, de contrato assinado, poderá defender o clube até 2017.

Com a paralisação do Campeonato Brasileiro em virtude da disputa da Copa das Confederações, os jogadores do São Paulo estão de férias e só voltam a entrar em campo em julho. No dia 3, o time vai receber o Corinthians, no Morumbi, no jogo de ida da decisão da Recopa Sul-Americana. No Brasileirão, o time, que está em sexto lugar, volta a jogar em 7 de julho, quando enfrentará o Santos, também no Morumbi.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCDenilson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.