Denílson poderá voltar a treinar no Arsenal em 20 dias

O volante Denílson, do Arsenal, que se recupera de uma fratura nas costas, poderá voltar aos treinos no time inglês dentro de 20 dias. O jogador brasileiro conseguiu fixar o prazo para o retorno após saber do resultado de um exame de ressonância magnética. O exame constatou que a fratura, sofrida durante uma partida contra o Manchester City, em 12 de setembro, está consolidada.

AE, Agencia Estado

15 de outubro de 2009 | 16h25

"Minha recuperação está muito boa, estou me sentindo bem e nesta semana fiz outra ressonância que mostrou que a lesão está praticamente curada. Fiquei bastante feliz pelo resultado", afirmou Denílson, que realiza um trabalho de fortalecimento nas costas para poder voltar a jogar.

"É muito complicado estar numa situação como essa. A vontade de voltar a jogar e ajudar a equipe é muito grande, mas vou me recuperar primeiro para retornar com 100% das minhas condições e fazer o que mais gosto, que é jogar futebol", reforçou o brasileiro.

Denílson foi o jogador que mais atuou pelo Arsenal na temporada passada, com 51 partidas disputadas, e lamentou a situação inédita que vive como profissional. "Eu nunca fiquei tanto tempo parado. Só lembro de uma situação parecida quando jogava na base do São Paulo e fiquei sem jogar por três meses quando lesionei o meu joelho."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.