Dentinho lamenta 'falta de sorte' do ataque corintiano

Em um jogo marcado por atuações pouco inspiradas dos atacantes Fred e Ronaldo, o Corinthians venceu o Fluminense pelo tímido placar de 1 a 0, nesta quarta-feira, apesar de ter criado chances suficientes para sair de campo com uma goleada.

VITOR MARQUES, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 00h48

Autor do gol da vitória, o atacante Dentinho lamentou o marcador reduzido e prometeu maior empenho no jogo de volta, na próxima quarta-feira. "Fizemos um belo primeiro tempo, mas faltou sorte. Eu mesmo chutei uma bola na trave. Mas temos que impor nosso ritmo e jogarmos quarta-feira como jogamos hoje. Tenho certeza de que conseguiremos a classificação".

Nesta quarta, houve bola na trave, defesas importantes dos goleiros Fernando Henrique e Felipe e chances claras de gols desperdiçadas - a mais incrível de todas coube a Morais, que recebeu bola de Ronaldo e isolou no Tobogã. Fred também ficou a centímetros de marcar.

O placar de 1 a 0, em um jogo com expectativa de vários gols, não espantou o lateral Alessandro. "Não podemos pensar que vamos fazer um monte de gols toda hora. E não fiquem pensando que vamos golear sempre e que o Ronaldo vai fazer dois, três gols por jogo", afirmou, se referindo aos jogos do Corinthians na semifinal e na final do Paulistão.

O volante Cristian também mostrou estar conformado com o resultado. "O importante foi não tomar gols. Sabíamos que seria um confronto difícil, complicado, mas a vitória foi boa", avaliou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansDentinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.