Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Denunciado por invasão de campo, Jair Ventura pode sofrer suspensão

Incidente com o técnico do Botafogo aconteceu no clássico com o Vasco, no dia 14 de outubro

Estadão Conteúdo

07 Novembro 2017 | 20h06

O técnico Jair Ventura pode virar baixa no Botafogo nesta reta final do Brasileirão. O treinador foi denunciado nesta terça-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por invadir o campo na partida contra o Vasco, no dia 14 de outubro, no Maracanã, pela 28ª rodada.

+ Roger diz que fez proposta para renovar e vê permanência encaminhada

Jair Ventura foi expulso de campo por ter invadido o gramado, aos 49 minutos do segundo tempo do clássico. De acordo com a súmula da partida, o treinador foi excluído da partida por "invadir o campo de jogo, chutando a bola, quando o jogo estava parado", escreveu o árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araujo.

"Após o término da partida, o mesmo invadiu o campo, tentando retirar seus jogadores, reclamando contra as decisões da arbitragem e dizendo as seguintes palavras: 'eu nunca fui expulso. Por que você me expulsou?'", registrou o juiz na súmula do jogo.

O treinador botafoguense foi denunciado no artigo 258-B do Código Brasileiro de Justiça Desportiva por "invadir local destinado à equipe de arbitragem, ou o local da partida, prova ou equivalente, durante sua realização, inclusive no intervalo regulamentar". Por conta da infração, ele corre o risco de levar uma suspensão de até três jogos.

Jair Ventura será julgado às 10 horas da próxima terça-feira, dia 14, pela Segunda Comissão Disciplinar do STJD.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.