Depois da vaga, Guaratinguetá sonha com o título

'Nosso sonho ainda não se realizou", afirma o presidente do clube de apenas 10 anos, Carlos Arini

Agência Estado

31 de março de 2008 | 21h53

Com apenas dez anos de vida, o Guaratinguetá segue fazendo história no futebol paulista. O time do Vale da Paraíba ainda comemora a classificação inédita às semifinais do Paulistão. Mas, depois do feito, quer ainda mais: sonha em ser campeão. Veja também:  Quais times levam as duas últimas vagas das semifinais do Paulistão? TV Estadão: Análise da reta final do Campeonato Paulista Veja as chances de classificação e rebaixamento no Paulistão "Se, para alguns times, estar na semifinal é suficiente, nosso sonho ainda não se realizou", afirmou o presidente do Guaratinguetá, Carlos Arini, deixando claro que acredita na conquista do título paulista. Mas o planejamento prevê ainda vários passos antes de brigar pelo título. O primeiro deles é terminar a primeira fase na liderança. O Guaratinguetá tem 37 pontos, assim como o vice-líder Palmeiras, e leva vantagem no número de vitórias: 12 a 11. Por isso, uma vitória sobre o Ituano, domingo, em Itu, é suficiente para manter o primeiro lugar.

Tudo o que sabemos sobre:
GuaratinguetáPaulistão A-1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.