Depois de 40 horas, Boca chega ao Japão

Depois de uma viagem de aproximadamente 40 horas - pelo menos oito a mais do que o previsto - a equipe do Boca Juniors desembarcou nesta quarta-feira na cidade de Yokohama, no Japão, onde no domingo enfrenta o Milan na final da Copa Intercontinental. Os jogadores desembarcaram extenuados. O grupo saiu de Buenos Aires na segunda-feira mas, depois de uma parada não prevista em São Paulo, a aeronave ficou retida na escala nos Estados Unidos. Com problemas técnicos, o avião teve de ser vistoriado e a delegação foi obrigada a esperar por mais de cinco horas no aeroporto de Los Angeles. Por conta disso, a diretoria do clube argentino cogitou pedir o adiamento do jogo. Os jogadores deverão iniciar treinamentos com bola apenas a partir de quinta-feira. Os médicos do clube se esforçam a partir de agora em acelerar o processo de adaptação dos jogadores ao fuso de 12 horas de diferença em relação a Buenos Aires. O Milan, ao contrário, deverá ter uma preparação melhor para o jogo. Vários jogadores, entre eles Maldini, Cafu e Nesta, anteciparam a viagem para o Japão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.