Depois de demitir PC Gusmão, Vasco afasta Felipe e Carlos Alberto

Diretoria do clube de São Januário estuda rescindir o contrato dos dois meias

AE, Agência Estado

28 de janeiro de 2011 | 19h00

RIO - A crise no Vasco fez novas vítimas. Poucas horas depois da demissão do técnico PC Gusmão, a diretoria vascaína anunciou nesta sexta-feira o afastamento por tempo indeterminado dos dois principais jogadores do elenco, os meias Felipe e Carlos Alberto. Eles não enfrentam o Flamengo, no domingo, pelo Campeonato Carioca, e devem deixar o clube.

Nas três primeiras rodadas do Campeonato Carioca, o Vasco para Resende, Nova Iguaçu e Boavista. Assim, ocupa a lanterna do Grupo A, sem nenhum ponto somado, e provocou a ira da sua torcida. Diante disso, a diretoria vascaína resolveu agir nesta sexta-feira, demitindo o treinador e afastando os dois principais jogadores do elenco.

Felipe, de 33 anos, e Carlos Alberto, de 26 anos, vinham sendo os jogadores mais criticados pela torcida vascaína. O primeiro tem contrato com o clube até o fim de 2012, enquanto o vínculo do segundo termina apenas na metade de 2013. A diretoria vascaína espera conseguir negociá-los, mas pode até mesmo acertar uma rescisão contratual.

Carlos Alberto, inclusive, era o capitão do time. Mas ele teria se envolvido numa forte discussão com o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, depois da derrota para o Boavista, na última quinta-feira, o que deve ter precipitado o seu afastamento do time. Já Felipe chegou até mesmo a reclamar da falta de apoio da torcida, o que agravou a sua situação.

Veja também:

linkVasco confirma oficialmente a saída do treinador Paulo César Gusmão

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.