Depois de jogar no sacrifício, Arshavin desfalca Arsenal

O atacante russo Andrei Arshavin, uma das estrelas do Arsenal, desfalcará a equipe inglesa por pelo menos três partidas. Ele agravou uma lesão na virilha ao atuar pela seleção da Rússia na vitória por 3 a 1 sobre o País de Gales, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

AE-AP, Agencia Estado

10 de setembro de 2009 | 15h41

Arshavin sofreu a lesão defendendo o Arsenal na derrota por 2 a 1 para o Manchester United, há duas semanas. Ainda assim, ele apresentou-se à seleção russa e foi utilizado pelo técnico Guus Hiddink durante toda a partida contra os galeses.

Agora, com o agravamento da lesão, ele perderá os confrontos com Manchester City e Wigan, pelo Campeonato Inglês. O russo também está fora da estreia do clube na Liga dos Campeões, contra o Standard Liège.

"Ficamos chateados porque ele não devia ter jogado. Ele não estava em condições de atuar por 90 minutos", disse o técnico do Arsenal, Arsène Wenger.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.