Erico Leonan/ Divulgação
Erico Leonan/ Divulgação

Depois de quatro meses, Alan Kardec volta a treinar com bola

Atacante foi submetido a uma cirurgia no joelho direito

O Estado de S.Paulo

18 de agosto de 2015 | 15h44

Depois de quatro meses de uma grave lesão no ligamento cruzado anterior do joelho direito, o atacante Alan Kardec, do São Paulo, treinou com bola pela primeira vez desde a cirurgia na manhã desta terça-feira, no CT da Barra Funda.

"Poder conduzir a bola novamente me deu mais motivação para seguir trabalhando. Claro, ainda preciso aprimorar a forma física, mas clinicamente já estou bem”, afirmou o atacante em entrevista ao site oficial do São Paulo. “Sinto que estou cada vez mais confiante para poder ser liberado pelo Departamento Médico e voltar a treinar com o grupo”, completou.

O jogador fez exercícios com mudança de velocidade e direção, aprimorando fundamentos como cabeceio, domínio, passes e condução de bola. "Encaro tudo isso como uma fase de readaptação, um recomeço. Os estímulos da movimentação com bola são diferentes dos exercícios de fisioterapia. Por isso esta nova etapa é importante. Agora é o momento de ganhar confiança e recuperar tudo o que eu perdi neste período, porque quero voltar ainda melhor", afirmou Kardec.

Alan Kardec sofreu a lesão no duelo contra o San Lorenzo, no dia 1º de abril, pela Libertadores da América. Em 2015, o atacante atuou em 17 partidas, balançou as redes sete vezes e deu três assistências antes de sofrer a lesão. O atleta continuará trabalhando no REFFIS, em período integral (manhã e tarde).

Mais conteúdo sobre:
FutebolSão Paulo FCKardec

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.