Luis Gonzalez/Reuters
Luis Gonzalez/Reuters

Derlis González será 3º estrangeiro santista a encarar Brasil na Copa América

Camisa 10 do Paraguai enfrentará a seleção nas quartas de final na próxima quinta-feira

Leandro Silveira, Estadão Conteúdo

25 de junho de 2019 | 08h06

Clube do País com mais jogadores estrangeiros convocados para a Copa América ao lado do Flamengo - três -, o Santos terá todos eles enfrentando a seleção brasileira no torneio. Após as seleções  venezuelana, de Soteldo, e a peruana, de Cueva serem rivais dos brasileiros na fase de grupos, agora será a vez do Paraguai de Derlis González encarar os anfitriões do torneio nas quartas de final.

Derlis tem oscilado nesta Copa América. O atacante marcou um golaço na estreia paraguaia na Copa América, o empate por 2 a 2 com o Catar, em que entrou em campo após o intervalo do duelo disputado no Maracanã. Depois, foi titular na igualdade por 1 a 1 com a Argentina no Mineirão, mas desperdiçou uma cobrança de pênalti. No último domingo, começou jogando na derrota por 1 a 0 para a Colômbia, sendo substituído aos 37 minutos do segundo tempo na Fonte Nova.

Na quinta-feira, o Paraguai vai enfrentar o Brasil a partir das 21h30 na Arena do Grêmio. E Derlis conhece o estádio, pois nesse ano participou do triunfo santista contra o time local por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro. O atacante foi acionado por Jorge Sampaoli durante a etapa final e acabou sendo expulso após o apito final por reclamações com a arbitragem.

Além de Derlis, os outros dois santistas convocados para a Copa América estão classificados às quartas de final. Com Cueva, a seleção peruana avançou como um dos dois melhores terceiros colocados e agora vai enfrentar o Uruguai, sábado, na Fonte Nova.

Cueva foi titular nos três jogos do Peru na fase de grupos da Copa América, sendo substituído em todos, incluindo a derrota por 5 a 0 para a seleção brasileira, na Arena Corinthians, sábado, quando mal tocou na bola.

A Venezuela de Soteldo foi a segunda colocada do Grupo A e terá pela frente a Argentina, sexta-feira, no Maracanã. O atacante santista participou dos três jogos de sua seleção na primeira fase da Copa América, mas sempre entrando na etapa final, como no 0 a 0 contra o Brasil, quando tentou fazer algumas jogadas de velocidade.

Soteldo poderá reencontrar a seleção de Tite nas semifinais da Copa América, o que ocorrerá se ambas as equipes triunfarem nas quartas de final. Já um novo duelo entre Cueva e Brasil só é possível na decisão ou na disputa pelo terceiro lugar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.