Derrota deve custar emprego de Joel Santana

Tristeza e preocupação invadiram o Guarani após a derrota por 3 a 0 para o Santos, neste domingo, em Campinas. A diretoria evitou se posicionar oficialmente, mas o técnico Joel Santana deve ser demitido nesta segunda-feira. O técnico demorou um pouco para atender a imprensa, mas não perdeu o bom humor quando perguntado se estava sendo dispensado. "Nada disso, só estava esperando o rapaz levar a chave para abrir a porta". Santana lamentou a maré de azar do time, que segundo ele perdeu "de um grande time, vice-campeão brasileiro e vice-campeão da Libertadores". Além disso, o azar estaria fazendo a diferença: "Levamos três gols praticamente de bola parada, demos três bolas na trave e o juiz ainda não marcou um pênalti para a gente. Assim é difícil". Mais difícil é sua situação no Brinco de Ouro.

Agencia Estado,

07 de março de 2004 | 19h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.