Derrota em casa derruba Silas Pereira do comando do Avaí

Em coletiva após o jogo, diretor de esportes anuncia troca

Estadão Conteúdo

20 Agosto 2016 | 23h10

Silas Pereira não resistiu à derrota por 3 a 0 para o Bahia, neste sábado, na Ressacada, e foi demitido pela diretoria do Avaí. O treinador comandava a equipe catarinense desde o início da disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O comunicado veio em entrevista coletiva após o confronto, através do diretor de esportes Joceli dos Santos, que agora trabalhará em busca de um novo nome.

O técnico vinha pressionado pela irregularidade do time no campeonato, já que terminou sua terceira passagem por Florianópolis com 38,3% de aproveitamento dos pontos, com seis vitórias e cinco empates, mas nove derrotas. Atualmente o Avaí aparece na 15ª posição, com 23 pontos, a dois do Bragantino, também na briga contra a zona de rebaixamento.

Silas apareceu como treinador para o cenário nacional justamente na Ressacada, entre 2008 e 2009, onde conquistou o Campeonato Catarinense. Depois de uma rápida passagem por Grêmio e Flamengo, retornou ao Avaí em 2011, antes de acertar com o futebol do Oriente Médio. Trabalhou também no Náutico, América-MG, Portuguesa e Ceará antes de voltar a Florianópolis.

O elenco terá apenas dois dias para tentar dar a volta por cima na competição, já que o próximo compromisso já é nesta terça-feira, pela 21ª rodada. Jogando fora de casa, o Avaí enfrentará o lanterna Sampaio Corrêa na Arena Castelão, em São Luís (MA), no Maranhão. O departamento de futebol ainda não divulgou quem será o interino.

Mais conteúdo sobre:
futebol serie b Avaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.