Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Derrota não abala otimismo de Luxemburgo

O técnico Vanderlei Luxemburgo esperava uma sorte melhor da sua equipe, derrotada em Curitiba, neste sábado, pelo Atlético-PR, por 1 a 0. Segundo o treinador, seu time teve o domínio do jogo até o momento em que levou o gol no segundo tempo. "Somente nós criamos as chances mais claras de gol. O Atlético cresceu apenas depois que marcou seu gol, quando houve um pouco de descontrole da nossa equipe." Sobre a saída de Preto Casagrande (substituído por Lopes), Luxemburgo considerou normal a troca e justificou-a alegando que o meia havia levado um cartão amarelo e corria risco de expulsão. "Nada impede de tirar um jogador que entrou durante o jogo. Naquele momento foi a melhor opção para o time", disse Luxemburgo. Com quatro derrotas em seis rodadas, o Santos continua mal no Brasileiro, mas Luxemburgo admite uma reação da equipe no torneio. "Estou chegando agora no clube e com os treinos iremos acertar mais a equipe. O campeonato é longo e temos tempo para crescer ao longo da competição", disse Luxemburgo, que a partir da próxima rodada terá o retorno do meia Diego.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.