Derrota não abateu a Costa do Marfim, diz Drogba

Apesar da derrota na estréia da Costa do Marfim em Copas do Mundo, o atacante Didier Drogba disse não ter ficado abatido com o resultado negativo diante da Argentina, por 2 a 1, neste sábado, em Hamburgo."Contra uma equipe como Argentina, podemos perder mesmo jogando bem. Agora temos que trabalhar muito para fazermos melhor as coisas na próxima vez", disse o jogador, que foi o autor da equipe africana, estreante em Mundiais.Já o treinador da seleção marfinense, o francês Henri Michel, comentou que a equipe pagou pela inexperiência. "Não estamos frustrados. Não acho que merecíamos vencer, mas não concordo com o resultado final. Quando começamos a entrar no jogo, sofremos um gol que desequilibrou o time. Tivemos muitas chances de gol, mas temos que aprender com os erros para evitar novos no futuro", analisou.Segundo o técnico, a Argentina precisa "segurar os ânimos" porque ainda não garantiu a classificação às oitavas-de-final. "Jogamos só uma partida, mas há quem ache que já está na final", atacou.Na próxima rodada, a Argentina enfrentará a Sérvia e Montenegro, na sexta-feira, em Gelsenkirchen. A Costa do Marfim pega a Holanda, no mesmo dia, em Stuttgart. Mas antes, sérvios e holandeses jogam neste domingo, em Leipzig.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.