Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Derrota não tira entusiasmo de Chará: 'Atlético-MG tem de ir para sacrifício'

Equipe alvinegra joga por uma vitória simples contra o Cruzeiro, no sábado, para ficar com o título

Redação, Estadão Conteúdo

15 de abril de 2019 | 17h57

A derrota por 2 a 1 diante do Cruzeiro, no último domingo, no estádio do Mineirão, não tirou o entusiasmo do atacante colombiano Chará para o confronto decisivo deste sábado, às 16h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte, onde o Atlético-MG vai precisar de uma vitória simples para conquistar o título do Campeonato Mineiro.

"Temos de manter a tranquilidade e ter mais intensidade. Temos de jogar no sacrifício", disse o atleta de 28 anos. "Creio que, antes de tudo, temos que pensar no que podemos fazer, no que vamos jogar e creio que entender o que aconteceu no domingo. Temos que deixar para trás tudo, chegar à final e vencer", disse o jogador referindo-se também à difícil situação que o time vive na Copa Libertadores.

O time é o terceiro colocado no Grupo E da competição continental, com apenas três pontos após quatro rodadas. A liderança é do Cerro Porteño, do Paraguai, que soma 12, enquanto que o Nacional, do Uruguai, é o segundo com nove. O Zamora, da Venezuela, ainda não somou pontos.

Os jogadores do Atlético-MG retornaram aos treinos nesta manhã de segunda-feira na Cidade do Galo, em Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte. Os jogadores que não atuaram na decisão diante do Cruzeiro treinaram normalmente. O atacante Geuvânio, que pouco participou do clássico, também participou da atividade comandada pelo técnico interino Rodrigo Santana.

Os atletas que participaram dos 90 minutos fizeram um trabalho regenerativo na academia do CT alvinegro. No departamento médico, o atacante Luan, com dores na virilha esquerda, e o meia equatoriano Cazares, com incômodo na coxa esquerda, iniciaram tratamento. O zagueiro Réver segue tratando o tornozelo esquerdo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.