Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Derrota no clássico mexe com Palmeiras antes da Copa Libertadores

Time revê escolhas e além de alterar programação de treinos, deve ter novidades na formação para jogo na Colômbia

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

27 de fevereiro de 2018 | 07h00

A derrota para o Corinthians, pelo Campeonato Paulista, às vésperas da estreia na Copa Libertadores mexeu com o Palmeiras. O técnico Roger Machado indica possíveis mudanças no time titular formado nas primeiras partidas do ano, assim como mudará de comportamento na preparação. A equipe voltará a ter treinos fechados, prática que havia sido cancelada nas últimas semanas.

+ Edu Dracena sente dores e deixa treino mais cedo

+ Tabela da Copa Libertadores 2018

Nesta terça-feira à tarde o time embarca para Barranquilla, na Colômbia, local do jogo com o Atlético Junior, pela Copa Libertadores. Antes disso, o elenco treina pela manhã na Academia de Futebol com parte da atividade sem acesso da imprensa. Apenas o início do trabalho poderá ser acompanhado e na sequência, os jornalistas deverão sair.

Os treinos secretos foram um expediente pouco utilizado por Roger no Palmeiras. Inclusive na véspera do clássico com o Corinthians, as atividades na Academia de Futebol foram abertas aos jornalistas. Na Colômbia, na quarta-feira, o último trabalho da equipe também deve ser secreto e será realizado no estádio do jogo, o estádio Metropolitano Roberto Meléndez .

Além da rotina, a derrota no clássico vai fazer o treinador rever algumas convicções. O time titular passou praticamente os nove primeiros jogos do ano sem grandes alterações. O primeiro revés do ano deve, no entanto, provocar alguns ajustes, como adiantou Roger na entrevista coletiva depois do clássico. As prováveis novidades só devem ser testadas nestes treinos secretos.

Quem pode ganhar espaço é o meia Moises. O jogador cumpriu o cronograma de pré-temporada especial, já trabalha com o restante do elenco e recebeu elogios de Roger nas últimas entrevistas. Caso o camisa 10 seja promovido à titular, Tchê Tchê deve perder vaga de titular. Outra possível mudança pode ser com o atacante Willian, que daria lugar ao venezuelano Guerra, já testado na posição em alguns jogos do Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.