Divulgação<br>
Divulgação<br>

Derrota para o Boa derruba Moacir Júnior no América-MG

Treinador não resiste a mais um tropeço da equipe mineira na Série B e deixa a equipe na oitava colocação da tabela

Estadão Conteúdo

13 Setembro 2014 | 22h01

Moacir Júnior não é mais treinador do América-MG. Os diretores do clube não resistiram à pressão feita pela torcida durante a derrota deste sábado para o Boa, por 2 a 0, na Arena Independência, em Belo Horizonte, e optaram pela troca de comando para a sequência da Série B.

Após o jogo, Moacir Júnior deu entrevista coletiva ainda como profissional do clube e disse que não entregaria o cargo. Logo depois, porém, foi demitido. Cláudio Prates, que era o auxiliar técnico, assume o comando do time interinamente - já tem jogo na terça-feira, contra o Bragantino, novamente no Independência, pela 23ª rodada da Série B.

O presidente do clube, Francisco Santiago, ressaltou que Moacir Júnior está saindo pela porta da frente e que não se deve esquecer o trabalho que foi feito até agora pelo treinador - o América-MG estava no G4 há algum tempo, mas caiu para a oitava posição.

"O Moacir Júnior é um grande profissional, nos ajudou muito no Campeonato Mineiro e fizemos um excelente início de Campeonato Brasileiro. Mas é fato que a queda depois da Copa do Mundo foi muito grande. O momento era esse. As portas do América estão abertas para ele, que fez um ótimo trabalho até esse momento de descontrole", disse o presidente.

Mais conteúdo sobre:
futebol Série B América-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.