Desafio da Ponte é manter o ritmo

Apesar de animado com o desempenho do time neste início de Campeonato Brasileiro, o técnico Estevam Soares recomenda cautela aos jogadores da Ponte Preta. Com sete pontos ganhos em três jogos, o desafio a partir de agora, segundo o treinador, é manter o ritmo. Para o técnico, os advérsários já começam a olhar a Ponte de maneira diferente e as dificuldades só tendem a aumentar, adverte.Estevam Soares lembra que será preciso muito cuidado no próximo jogo, diante do Atlético Mineiro, sábado, às 18 horas, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Este jogo estava marcado para o Mineirão. "Não gostei da mudança, porque o Independência é menor e dificulta as nossas ações nos contra-ataques", argumenta o técnico.O desfalque deste jogo será o zagueiro Luis Carlos, que recebeu o terceiro cartão amarelo na vitória de 2 a 0 sobre o Goiás. Em seu lugar vai entrar Gustavo, que fará sua estréia. A alteração deve ser confirmada no treino tático, seguido de rápido coletivo, previsto para esta sexta-feira no gramado do Majestoso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.