Igor Amorim / São Paulo FC
Igor Amorim / São Paulo FC

'Desalojado' pelo Metallica, Rogério Ceni quer melhor espetáculo do São Paulo para bater o Juventude

Treinador, que é fã de rock'n'roll, vai escalar força máxima na Arena Barueri por vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil

Marcius Azevedo, O Estado de S.Paulo

12 de maio de 2022 | 05h00

Fã de rock'n'roll, o técnico Rogério Ceni, que entrava em campo nos tempos de jogador ao som de Hells Bells, do AC/DC, terá de decidir vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil fora do Morumbi por causa de uma de suas bandas favoritas. O São Paulo enfrenta o Juventude nesta quinta-feira, às 19h30, na Arena Barueri, porque o estádio são-paulino recebeu o show do Metallica na terça.   

Coincidentemente, o palco da partida em que o São Paulo precisa vencer para avançar - os times empataram em Caxias do Sul por 2 a 2 no jogo de ida - tem outra ligação com estilo de música preferido do treinador. Foi em Barueri, no dia 27 de março de 2011, que o então goleiro marcou o centésimo gol na carreira no clássico com o Corinthians. Como lembrança pela marca, Rogério Ceni foi presenteado com uma guitarra Gibson SG, semelhante à usada por Angus Young, do AC/DC.   

Gosto musical à parte, Rogério Ceni espera um melhor espetáculo dos seus jogadores contra o Juventude. As duas últimas apresentações trouxeram desconfiança ao torcedor. A equipe empatou sem gols com o Everton, no Chile, em uma partida de pouca criatividade, pela Copa sul-americana. Na sequência, desgastado pela viagem, o São Paulo ficou no 1 a 1 com o Fortaleza, no Castelão, pelo Brasileirão.   

Para seguir na Copa do Brasil, competição que o clube nunca conquistou, o treinador acenou com força máxima. "Temos de montar um São Paulo para tentar passar na Copa do Brasil. É uma sequência grande de jogos e viagens. Vamos tentar dentro dos nossos domínios fazer um jogo melhor e ter melhores resultados. Empatamos muito fora de casa nessa sequência", afirmou.

No jogo de ida, o São Paulo sofreu bastante para conseguir o resultado de igualdade. O Juventude abriu 2 a 0 de frente no primeiro tempo e, apesar de não jogar bem, o time de Rogério Ceni conseguiu o empate, com Reinaldo, de pênalti, já nos acréscimos da etapa final.

"A expectativa está muito grande para que possamos fazer uma grande partida, conseguir nossa classificação. Conseguimos um resultado importante lá, agora vamos buscar a classificação diante do nosso torcedor para avançar na Copa do Brasil", afirmou o goleiro Jandrei, em entrevista à spfctv.

A eliminação prematura vai atrapalhar bastante o ano da equipe do Morumbi. No orçamento de 2022, aprovado pelo conselho deliberativo em dezembro passado, há metas esportivas e, entre elas, está chegar pelo menos às quartas de final da Copa do Brasil. A classificação às oitavas vai colocar mais R$ 3 milhões aos cofres do clube.

"Nesses jogos eliminatórias sabemos que um gol pode definir tudo. Como no primeiro jogo deu empate, sabemos que um novo empate leva para os pênaltis. Vamos trabalhar para buscar uma vitória nos 90 minutos, para avançar de fase e dar sequência na programação do clube dentro das três competições", acrescentou Jandrei.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO X JUVENTUDE

SÃO PAULO - Jandrei; Rafinha, Diego Costa, Léo e Welington; Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Igor Gomes e Alisson; Luciano e Calleri. Técnico: Rogério Ceni

JUVENTUDE - César; Rodrigo Soares, Vitor Mendes, Rafael Forster, William Matheus; Yuri, Jadson e Darlan; Chico, Paulinho Moccelin e Isidro Pitta. Técnico: Eduardo Baptista.

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (GO)

HORÁRIO - 19h30.

LOCAL - Arena Barueri, em São Paulo.

TRANSMISSÃO - Amazon Prime. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.