Ivan Storti / Santos
Ivan Storti / Santos

Descansado, Santos tenta se reinventar fora de casa no Brasileirão contra o Athletico-PR

Equipe do técnico Fábian Bustos quer sua primeira vitória como visitante neste sábado

Fábio Hecico, O Estado de S.Paulo

04 de junho de 2022 | 05h00

Duas regras básicas para quem pretende almejar algo grande em pontos corridos: ter bom desempenho também como visitante e o setor ofensivo tem de ser efetivo. O Santos ficou um pouco para trás na briga pelas primeiras colocações do Brasileirão justamente por pecar nos dois quesitos e espera dar início à mudança neste sábado, às 19h, diante do Athletico-PR, em Curitiba, quando buscará desencantar fora de casa na competição.

Depois se sequência caseira de quatro jogos, sendo dois pela Copa Sul-Americana, o Santos volta a atuar longe de casa com seus atacantes pressionados e com meta de mostrar que Fábian Bustos conseguiu fazer os ajustes prometidos na semana cheia para treinos.

O grito de ordem é se reinventar em Curitiba após visitas decepcionantes no Brasileirão, nas quais passou aperto para segurar o 0 a 0 com o Fluminense e foi batido por São Paulo (2 a 1) e Goiás (1 a 0). Bustos quer o time mais ousado longe do apoio do torcedor.

"Nosso grupo é muito forte e já demonstrou essa força diversas vezes na Sul-Americana e na Copa do Brasil. Estávamos brigando pela liderança, mas ainda não nos afastamos tanto dela e vamos buscar ficar o mais próximo possível, pois é o que esse grupo merece e que está buscando", enfatiza o volante Zanocelo.

Com 11 pontos, o Santos despencou para a nona colocação justamente pelas três últimas partidas na competição, na qual o setor ofensivo passou em branco e somente um ponto foi somado. Bustos tenta ajustar a finalização para que os tropeços façam parte do passado. 

No jogo passado, o técnico tirou os atacantes Marcos Leonardo e Léo Baptistão após o primeiro tempo do clássico com o Palmeiras, e as trocas não surtiram efeito. Os titulares "não gostaram" de sair e Bustos espera que entrem "mordidos" em Curitiba para reerguerem o Santos na tabela.

"A gente vem batendo na trave nos jogos fora de casa. Fizemos boas apresentações, mas os resultados não vieram. Esperamos chegar sábado lá no Paraná e conseguir a vitória."

A missão santista não será das mais fáceis. Foram quatro derrotas nas últimas cinco idas à Arena da Baixada. E para piorar, o time paranaense cresceu bastante com s chegada de Felipão, ganhando os quatro últimos jogos com impressionantes 10 gols anotados.

Manter esse desempenho de crescimento é a meta no Athletico-PR. Felipão já colocou o time na sexta colocação e espera dar novo passo para diminuir a distância de três pontos para os líderes Palmeiras, Atlético-MG e Corinthians.

São seis vitórias seguidas no estádio, que deve receber um grande público neste sábado. Sem perder no palco desde a segunda rodada no Brasileirão, quando levou 1 a 0 do Atlético-MG, o Athletico-PR promete sufocar o Santos para seguir escalando a tabela.

Em d após a troca de comando, o atacante Pablo será a esperança de gols dos paranaenses. Ele de e terço rápido Pedro Rocha a seu lado e contará com as assistências do uruguaio Terans para dar nova passo em sua volta por cima na carreira.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR x SANTOS

ATHLETICO-PR - Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nicolas Hernández e Abner Vinícius; Erick, Matheus Fernandes (Christian) e Terans; Cuello, Marcos Rocha e Pablo. Técnico: Felipão.

SANTOS - João Paulo; Auro, Eduardo Bauermann, Maicon e Lucas Pires; Camacho, Zanocelo e Ricardo Goulart (Sandry); Jhojan Julio, Léo Baptistão e Marcos Leonardo. Técnico: Fabián Bustos.

ÁRBITRO - Bráulio da Silva Machado (SC).

HORÁRIO - 19 horas.

LOCAL - Arena da Baixada.

TRANSMISSÃO - Furacão Live e no canal do Casimiro na Twitch.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.