Valery Hache/AFP
Valery Hache/AFP

Deschamps convoca garoto de 18 anos comparado a Henry para a seleção francesa

Destaque na classificação do Monaco contra o City na Liga dos Campeões, Kylian Mbappe fará estreia nas Eliminatórias

Estadao Conteudo

16 de março de 2017 | 11h50

Premiado pelas boas atuações com a camisa do Monaco, o garoto Kylian Mbappe, de apenas 18 anos, foi convocado nesta quinta-feira pelo técnico Didier Deschamps para defender pela primeira vez a seleção francesa.

O atacante, cujas velocidade e habilidade têm gerado comparações de seu futebol com o do ídolo Thierry Henry, foi incluído em uma lista de 24 nomes chamados para atuar pelo time nacional em confronto diante de Luxemburgo, fora de casa, no próximo dia 25, pelas Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018, e também em amistoso contra a Espanha, três dias depois, no Stade de France, em Paris.

Jovem revelação do futebol francês, Mbappe marcou um gol na última quarta-feira na vitória por 3 a 1 sobre o Manchester City, em casa, ajudando a levar o seu time às quartas de final da Liga dos Campeões, sendo que no confronto de ida, na Inglaterra, ele também havia balançado as redes por uma vez na derrota por 5 a 3 para o rival.

Ao total, o atacante de 18 anos acumula 17 gols e seis assistências em 31 partidas pelo Monaco nesta temporada europeia. Ele foi, por sinal, um dos quatro jogadores do seu time convocados por Deschamps nesta quinta. Os outros foram os defensores Benjamin Mendy e Djibril Sidibé e o meio-campista Thomas Lemar.

Entre eles, Mendy também foi convocado pela primeira vez para a seleção francesa principal. Os outros chamados nesta quinta por Deschamps para uma primeira oportunidade sob o comando o treinador na seleção foram o atacante Florian Thauvin, do Olympique de Marselha, e o meio-campista Corentin Tolisso, do Lyon.

Entre eles, Thauvin, de 24 anos, vive sua melhor temporada pelo Olympique, com dez gols marcados e seis assistências nesta edição do Campeonato Francês, no qual seu time hoje figura na quinta posição. O líder é o Monaco, com 68, três à frente do vice-líder Paris Saint-Germain, que teve como jogadores convocados nesta quinta o goleiro Alphonse Areola, os defensores Presnel Kimpembe e Layvin Kurzawa e os meio-campistas Blaise Matuidi e Adrien Rabiot.

Confira os convocados da seleção francesa:

Goleiros - Alphonse Areola (Paris Saint-Germain), Benoit Costil (Rennes) e Hugo Lloris (Tottenham).

Defensores - Presnel Kimpembe (Paris Saint-Germain), Laurent Koscielny (Arsenal), Layvin Kurzawa (Paris Saint-Germain), Benjamin Mendy (Monaco), Adil Rami (Sevilla), Bacary Sagna (Manchester City), Djibril Sidibé (Monaco) e Samuel Umtiti (Barcelona).

Meio-campistas - N'Golo Kante (Chelsea), Thomas Lemar (Monaco), Blaise Matuidi (Paris Saint-Germain), Paul Pogba (Manchester United), Adrien Rabiot (Paris Saint-Germain) e Corentin Tolisso (Lyon).

Atacantes - Ousmane Dembele (Borussia Dortmund), Kevin Gameiro (Atlético de Madrid), Olivier Giroud (Arsenal), Antoine Griezmann (Atlético de Madrid), Kylian Mbappe (Monaco), Dimitri Payet (Olympique de Marselha) e Florian Thauvin (Olympique de Marselha).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.