Deschamps exalta amistoso contra Espanha e maturidade da promessa francesa Mbappé

'É sempre mais do que um amistoso', destaca o treinador francês

Estadao Conteudo

27 de março de 2017 | 18h42

O técnico da seleção francesa, Didier Deschamps, espera um grande jogo contra a Espanha, nesta terça-feira, às 16 horas (de Brasília), no Stade de France, em Paris. A partida amistosa não vale pontos para competições oficiais, mas a história dos dois países no futebol e os títulos recentes mostram que o confronto terá bastante importância.

"É sempre mais do que um amistoso", destacou o treinador francês, nesta segunda-feira, em entrevista coletiva. "É um jogo de prestígio, não jogaremos por pontos, mas os jogos contra a Espanha, que é fronteiriça, como a Itália ou Inglaterra, têm um sabor especial. Os enfrentamos muitas vezes e com os anos se tornou um grande confronto. Esperamos que seja um bom espetáculo, especialmente do nosso lado", disse Deschamps.

O técnico da França enfatizou que a Espanha ainda é uma referência, embora tenha caído muito de rendimento nos últimos anos. Didier Deschamps lembrou que há poucas oportunidades de reunir a seleção e que é preciso aproveitá-las.

O treinador também comentou a participação da grande estrela em ascensão do futebol francês, o jovem Kylian Mbappé, que atua pelo Mônaco, convocado pela primeira vez. "Ele tem 18 anos e é maduro. Ele ainda tem que superar etapas. O que o caracteriza é a velocidade e gestos em execução, ele tem uma grande tranquilidade na frente do goleiro, algo que não é normal para a sua idade. Possui frieza de ser lúcido e eficaz", destacou Deschamps.

O amistoso contra os espanhóis também despertou o ânimo do meia-atacante Antoino Griezmann. O jogador é ídolo do Atlético de Madrid e participou das campanhas que levaram o clube a duas finais na Liga dos Campeões da Europa (nas temporadas 2013/14 e 2015/16), disputadas contra o Real Madrid. o Atlético perdeu as duas decisões. "Sinto uma grande atmosfera", disse o francês, sobre a expectativa em relação ao amistoso.

Tudo o que sabemos sobre:
Futebolfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.