Franck Fife/AFP
Franck Fife/AFP

Deschamps não confirma escalação da França, mas garante time ofensivo

Técnico promete equipe jogando para frente na estreia da Copa do Mundo no sábado, em Kazan, contra a seleção australiana

Estadão Conteúdo

11 Junho 2018 | 16h10

A cinco dias da estreia da França na Copa do Mundo, o técnico Didier Deschamps preferiu não revelar a escalação que mandará a campo, mas garantiu que os seus comandados jogarão de forma ofensiva contra a Austrália, primeiro adversário no Mundial da Rússia neste sábado, 16, em Kazan.

+ Mbappé marca e França empata com Estados Unidos no último amistoso

+ Federação Francesa descarta demitir Deschamps em caso de decepção na Copa

+ Reserva do gol da França, Areola minimiza críticas a Lloris: 'Vai nos salvar'

"Tenho a minha formação inicial para a Austrália. Mas vocês vão esperar até sábado para conhecê-la", limitou-se a dizer o treinador. "Estou construindo minha equipe para avançar. Ofensivamente, somos mais eficientes no ataque rápido. Nossa ideia é ter a bola e representar problemas para o nosso adversário", explicou.

Didier Deschamps citou a inexperiência dos jogadores franceses para relativizar o favoritismo da seleção, que é a terceira mais jovem do torneio e tem média de idade de 25,6 anos. "É um time forte, mas ainda inexperiente nesse tipo de competição. Somente seis jogadores dessa equipe estavam na última Copa do Mundo, no Brasil. E temos um dos times mais jovens da competição", disse o técnico.

No último amistoso preparatório contra os Estados Unidos, a equipe europeia empatou em 1 a 1, no último sábado, 9. Didier Deschamps reconheceu a má atuação mas garantiu que a equipe está pronta para a Copa. "Dos nossos três jogos de preparação, foi o menos bem-sucedido, tudo não foi bem feito, o adversário defendeu muito bem. Mas estamos prontos para sábado", garantiu.

 

Campeã mundial em 1998 e vice em 2006, a França chegou na Rússia no último domingo, 10. O elenco francês está baseado em Istra, pequena cidade próxima à capital Moscou, e fez seu primeiro treino em solo russo nesta segunda-feira, 11.

Os franceses integram o Grupo C e além da Austrália, rival da estreia, também enfrentam as seleções do Peru e da Dinamarca.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.