Desempenho no saibro agrada Sharapova

Enfim, Maria Sharapova passou para as semifinais de um torneio em quadras de saibro. Depois de perder nas quartas-de-final, nas últimas seis competições realizadas neste tipo de piso, a tenista russa avançou em Roma, ao derrotar Elena Bovina por 6/2 e 6/2. A boa campanha na chamada ´terra batida´ (como o saibro é definido na Europa) não poderia ter vindo em melhor hora. Afinal, se vencer só mais dois jogos e levantar o troféu de campeã irá aparecer no topo da lista de classificação do ranking da WTA e chegará a Roland Garros, como a nova número 1 do mundo."Estou muito feliz...venho melhorando a cada jogo no saibro", contou entre sorrisos Maria Sharapova. "Estou trabalhando muito a parte física, pois sei que só com um bom condicionamento posso vencer no saibro." Sem conseguir se segurar de alegria, Sharapova tentou ser comedida nas declarações. Afinal, tem ainda dois jogos pela frente e pode até cruzar na final com a francesa Amelie Mauresmo, que foi campeã em Roma, no ano passado. "Tenho um jogo muito difícil nas semifinais", disse a russa, que neste sábado enfrenta a suíça Patty Schnyder, que eliminou Evgenia Linetskaya. Mauresmo, que venceu fácil a espanhola Conchita Martinez, joga neste sábado diante de Vera Zvonarema, que ganhou de Franchesca Schiavonne.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.