Desfalcada, Portuguesa estréia na Copa do Brasil nesta quarta

Técnico Vágner Benazzi não conta com jogadores importantes, como o atacante Christian

Giuliander Carpes, O Estado de S. Paulo

12 de fevereiro de 2008 | 19h13

A Portuguesa inicia nesta quarta-feira a briga por uma vaga na Libertadores 2009. Vacinada contra a febre amarela, a equipe do Canindé tem uma missão curiosa: joga pela primeira vez em sua história em Rondônia, na região amazônica. O adversário na primeira fase da Copa do Brasil é a Ulbra, bicampeã estadual. O jogo começa às 20h30 local (22h30 de Brasília), no Estádio Biancão, em Ji-Paraná, a 376 km da capital, Porto Velho. Veja também: Calendário da Copa do BrasilOs desfalques, o cansaço pela longa viagem e a pouca tradição na Copa do Brasil - nunca passou da terceira fase, em oito participações - parecem não assustar a Lusa, que optou por poupar jogadores. O centroavante Christian, o volante Dias e o zagueiro Marco Aurélio não viajaram com o time por estarem com dores musculares.  Tampouco a equipe da Ulbra assusta. Para evitar o aumento do desgaste dos jogadores com o acúmulo de jogos neste início de temporada, a meta da Portuguesa é vir de Rondônia com a classificação assegurada. Para isso, precisa vencer o rival por uma diferença de dois gols. A estréia na Copa do Brasil será apenas o segundo jogo da Ulbra nesta temporada. Antes, a equipe disputou um amistoso contra o Cacerense (MT), no Estádio Geraldão, em Cáceres. E perdeu. Os donos da casa aplicaram 3 a 1 na equipe de Rondônia. Mesmo assim, Marcus Vinícius, o goleiro titular da Ulbra, está confiante em, ao menos, forçar o jogo da volta contra a Lusa. "Temos qualidade e vamos entrar para buscar uma vitória dentro de casa", afirma.  Ulbra Ji-Paraná Marcus Vinícius; Vagner, Vagner Leonardelli, Dudu e Leandro César; Ismael, Izaías, Betinho e Zezé; Cézar e Anderson Marabá Técnico: João Carlos Cavalo  Portuguesa André Luís; Halisson, Julio Santos e Bruno Rodrigo; Osmar, Erick, Carlos Alberto, Preto e Bruno Recife; Rogério e Marcelo de Faria Técnico: Vágner Benazzi Árbitro: Biancão, em Ji-ParanáEstádio: Biancão, em Ji-Paraná, ROHorário: 22h30 de Brasília A Ulbra de Ji-Paraná foi fundada em 2005 e venceu todos os campeonatos estaduais de Rondônia que disputou: um da Segunda Divisão e dois da Primeira. Porém, a equipe ainda não esteve na Série C do Campeonato Brasileiro porque apenas o vencedor da 1ª fase do Campeonato Estadual joga a competição nacional. Resultado: depois do final do Estadual, no meio do ano de 2007, fechou as portas do Departamento de Futebol até o início desta temporada. O goleiro Marcus Vinícius está confiante para a partida. "Temos um bom grupo de trabalho e estamos dispostos a querer desempenhar um bom futebol".Na partida da última quarta-feira diante da Cacerense-MT, o goleiro foi um dos destaques da equipe da Coruja. Apesar da derrota, Marcus Vinícius acredita no potencial do grupo. "O importante é sempre trabalhar buscando o melhor. Temos qualidade e vamos entrar para buscar uma vitória dentro de casa", finaliza.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.