Ivan Storti| Santos FC| Divulgação
Ivan Storti| Santos FC| Divulgação

Desfalcado, Santos estreia contra reservas do Atlético-MG

Lucas Lima e Ricardo Oliveira não se recuperaram de contusões

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

14 de maio de 2016 | 07h00

A estreia do Santos diante do Atlético Mineiro, neste sábado, às 18h30, trará uma prévia dos problemas que a equipe paulista vai enfrentar na competição em relação aos desfalques e às mudanças na escalação.

Contundidos desde a final do Campeonato Paulista, Lucas Lima e Ricardo Oliveira estão fora do confronto. O primeiro sofreu um estiramento no tornozelo direito, enquanto Ricardo Oliveira está com uma tendinite no joelho direito. O reserva imediato do atacante, Joel, está com caxumba e, por isso, também está fora do jogo no Independência. Paulinho deve ser escalado no ataque e Ronaldo Mendes no meio.

A ausência de titulares será constante nas nove primeiras rodadas por outra razão: a convocação para a seleção brasileira. Foram chamados Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Gabriel. Além disso, o próprio Gabriel, Gustavo Henrique, Thiago Maia e Zeca são cotados para defender a equipe olímpica.

O técnico Dorival Junior reconhece que o campeão paulista perderá parte de sua força em razão das convocações. “No início da competição, sairemos com menos três. Se houver contusão ou expulsão, esse número sobe. É natural que não sustentemos o nível de jogo”, disse.

Os desfalques abrem oportunidades. O atacante Mateus Nolasco, por exemplo, que vinha sendo relacionado apenas com o time reserva, ganhou uma chance na equipe principal.

A comissão técnica está especialmente preocupada com os primeiros jogos por causa do retrospecto santista. Nos últimos anos, os tropeços do começo definiram a campanha mediana. No ano passado, por exemplo, Dorival assumiu a equipe na zona de rebaixamento e chegou ao 7.º lugar. Também pesa a falta de uma boa campanha nacional. Desde 2007, o time não fica entre os quatro melhores. “Todo início acaba comprometendo. Quem começar mal terão dificuldades”, diz Dorival.  

O Atlético jogará com os reservas para poupar os titulares para o jogo contra o São Paulo na quarta-feira pela Libertadores. O time mineiro precisa vencer por dois gols de diferença. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.