Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Desfalcado, Atlético-MG pega o Ceará fora para engatar 3ª vitória seguida

Com triunfos sobre Avaí e Vasco, time mineiro ocupa a segunda posição do Brasileirão, atrás apenas do São Paulo pelo saldo de gols

Redação, Estadão Conteúdo

04 de maio de 2019 | 11h01

Cheio de desfalques, entre lesões e atletas preservados, o Atlético-MG, dividido entre Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores, vai a Fortaleza medir forças com o Ceará neste sábado, às 21 horas, no Castelão, e tenta embalar o terceiro triunfo seguido no torneio nacional.

Com duas vitórias sobre Avaí e Vasco nas duas primeiras rodadas, o Atlético-MG conseguiu amenizar a desconfiança e as críticas da torcida causadas pelo desempenho vexatório na Libertadores e busca manter os 100% de aproveitamento no Brasileirão para permanecer entre os primeiros colocados. No momento, a equipe mineira ocupa o segundo lugar, com os mesmos seis pontos do São Paulo, mas atrás do time paulista por ter saldo de gols inferior.

O técnico interino Rodrigo Santana resolveu preservar um titular - Luan - e quatro jogadores considerados reservas - o zagueiro Leonardo Silva, os meias Vinícius e David Terans e o atacante Alerrandro - pois o time mineiro tem compromisso importante pela Libertadores na terça-feira.

Apesar de já estar eliminado, o Atlético trata a rodada final da primeira fase do torneio sul-americano com muita relevância pois, se vencer o Zamora, na Venezuela, termina em terceiro de seu grupo e garante vaga à segunda fase da Copa Sul-Americana.

Além do quinteto preservado, também não vão enfrentar o Ceará o volante Adilson e o meia Cazares, que seguem lesionados. O volante tem um incômodo na panturrilha direita, enquanto o meia equatoriano ainda se recupera de um desconforto muscular.

Santana não confirmou a escalação do Atlético-MG para encarar o Ceará, mas Nathan é o favorito para ocupar a vaga de Luan na formação titular. O atacante Maicon Bolt corre por fora. Os outros titulares devem ser os mesmos que participaram da última vitória sobre o Vasco, no Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.