Michael Probst/ AP
Michael Probst/ AP

Desfalcado, Bayern ganha e se aproxima de título do Alemão

Bávaros garantem 3 pontos com Sebastian Rode e gol contra

O Estado de S. Paulo

18 de abril de 2015 | 13h56

Mesmo enfrentando problemas dentro e fora de campo, o Bayern de Munique vai ficando cada vez mais perto do título do Campeonato Alemão. Neste sábado, recheado de desfalques, o time não teve muitos problemas para derrotar o Hoffenheim por 2 a 0, fora de casa, em partida válida pela 29ª rodada.

O triunfo como visitante levou o Bayern aos 73 pontos, com cinco jogos ainda a disputar. O time tem 13 pontos de vantagem para o segundo colocado Wolfsburg, que só vai entrar em campo neste domingo, quando vai encarar o Schalke 04, em casa. Já o Hoffenheim, na luta por uma vaga na Liga Europa, é o sétimo colocado com 37 pontos.

Após uma semana complicada, em que perdeu por 3 a 1 para o Porto pela Liga dos Campeões da Europa e ainda viu o seu chefe do departamento médico deixar o clube após quase 40 anos depois de ser criticado pelo excesso de lesões no elenco, o Bayern conseguiu dar uma resposta em campo. 

O time abriu o placar da partida aos 38 minutos do primeiro tempo com um gol de Sebastian Rode em finalização de dentro da grande área. Depois, aos 49 minutos do segundo tempo, Andreas Beck tentou cortar cruzamento de Thomas Müller, mas marcou contra.

Também neste sábado, o Bayer Leverkusen assumiu o terceiro lugar no Campeonato Alemão com 54 pontos ao golear o Hannover (15º) por 4 a 0, em casa. Ömer Toprak, Julian Brandt, Kyriakos Papadopoulos e Stefan Kiessling marcaram os gols da partida.

Na luta por uma vaga na próxima Liga Europa, o Borussia Dortmund venceu, em casa, o Paderborn (16º), por 3 a 0. Todos os gols saíram no segundo tempo e foram marcados por Henrikh Mkhitaryan, Pierre-Emerick Aubameyang e Shinji Kagawa. O time de Dortmund está em oitavo lugar no Alemão com 36 pontos.

Fora de casa, o Mainz (11º) bateu o Freiburg (14º) por 3 a 2, com dois gols de Shinji Okazaki. Já Hertha Berlin (13º) e Colônia (12º) não saíram do 0 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.