Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Desfalcado, Fluminense pode virar líder do Brasileirão

Time de Abel Braga terá cinco desfalques entre os titulares para enfrentar a Portuguesa, às 22 horas, em São Paulo, nesta quarta-feira

Leonardo Maia, Agência Estado

12 de junho de 2013 | 08h25

RIO - Bem que o técnico Abel Braga gostaria que o jogo com a Portuguesa, válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, fosse disputado depois da Copa das Confederações. Mas a tabela marca o confronto, adiado por causa da participação do Fluminense na Libertadores, para a noite desta quarta-feira, às 22 horas, no Canindé, em São Paulo. O que leva o time carioca a entrar em campo cheio de desfalques.

Além de Diego Cavalieri, Jean e Fred, que estão na seleção brasileira, Thiago Neves, machucado, e Rhayner, suspenso, não jogam nesta quarta-feira. Isso para citar apenas os titulares. Se contarmos os reservas, a lista se estende a Anderson, Felipe, Wellington Silva, Rafinha, Marcos Junior e Valencia.

Com tantos problemas, o Fluminense busca inspiração na possibilidade de assumir a liderança da competição. Com nove pontos, a turma das Laranjeiras pode superar Coritiba (11), Vitória (10) e Botafogo (10), se vencer a Portuguesa nesta quarta, e saltar da quarta posição para o topo da tabela.

"Temos a oportunidade de chegar à liderança. Sabemos que é muito difícil jogar (no Canindé). Mas temos a chance de fazer um bom jogo e ficar esse período (de pausa no campeonato) na liderança", comentou o lateral Carlinhos. "Respeitamos a Portuguesa e vamos a São Paulo sabendo que eles têm jogadores de qualidade e podem vencer", disse o goleiro Ricardo Berna.

Com os desfalques, Abel Braga vai manter o time que derrotou o Goiás por 2 a 1, domingo passado, em Macaé. Mas há dúvidas. No treino coletivo realizado nesta terça, Biro-Biro e Denílson se revezaram na função de terceiro atacante. Poupado, o meia Wagner foi substituído por Eduardo na atividade, mas deve jogar. E o garoto Samuel, que foi desfalque contra os goianos por causa da morte do seu pai, tem retorno garantido.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.