Leonardo Moreira/Fortaleza EC
Leonardo Moreira/Fortaleza EC

Desfalcado, Fortaleza joga em casa no reencontro entre Ceni e Corinthians

Atacante Felipe Pires, regularizado na sexta-feira, é a grande novidade para do time cearense para a partida

Redação, Estadão Conteúdo

28 de julho de 2019 | 10h07

A partida entre Fortaleza e Corinthians, neste domingo, às 19 horas, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, terá um ingrediente a mais. Pela primeira vez desde que chegou ao clube cearense, o técnico Rogério Ceni vai enfrentar seu principal rival dos tempos de goleiro do São Paulo.

"Nós estamos numa fase de mudanças, porque perdemos alguns jogadores negociados e outros estão chegando. Mas todos aqui respeitam a tradição do Corinthians, porém, sabem que precisamos lutar sempre para vencer", comentou o técnico, que teve escalar o time no esquema 4-3-3, portanto, bem ofensivo.

A grande novidade do time cearense para essa partida é o atacante Felipe Pires. Ele foi regularizado na sexta-feira, a tempo de ser relacionado para a partida. Mas deve ficar apenas como opção no banco de reservas.

Outro reforço, o meia argentino Mariano Vásquez também teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, mas ainda não pode jogar porque cumpre uma suspensão referente ao período em que estava no Deportivo Pasto, da Colômbia, seu último clube.

O atacante Osvaldo, o meia Edinho e os laterais Gabriel Dias e Tinga são dúvidas já que estão em fase final de recuperação física após lesões e Rogério Ceni não confirmou quais deles serão utilizados no time titular. "São várias possibilidades e vou aguardar um pouco mais para definir a melhor formação", despistou Ceni.

A expectativa é de casa cheia, porque a venda antecipada foi muito boa. Os dirigentes esperam mais de 40 mil torcedores no Castelão, não só pela presença do Corinthians, mas também pelo bom resultado conquistado pelo Fortaleza na última rodada. Buscou o empate por 2 a 2 com o Atlético-MG depois de estar perdendo por 2 a 0, no Independência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.