Desfalcado, Ney Franco testa duas formações no Vitória

Sem poder contar com seis jogadores, quatro deles volantes, o técnico Ney Franco, do Vitória, ensaiou duas formações para enfrentar o Atlético Paranaense, neste domingo, às 18h30, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, pela 24.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma mais ofensiva, com um volante e três meias, e outra mais defensiva, com dois volantes. "Por causa dessa situação (os desfalques), vou esperar até o último momento para definir a equipe", disse o treinador.

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

29 de setembro de 2013 | 09h49

Na formação que pareceu mais agradar ao treinador, o meia argentino Escudero jogou recuado, perto da defesa, ajudando na saída de bola da equipe e auxiliando Renato Cajá e Leilson na criação das jogadas. Para o técnico, porém, a tática pode ser perigosa contra uma equipe rápida como o Atlético. Para proteger mais a defesa, Ney Franco também testou o volante Elizeu na vaga de Leilson.

O volante Luiz Gustavo, emprestado pelo Palmeiras e recém-apresentado no Vitória, deve fazer a sua estreia no time. O técnico, porém, não esconde o receio pela falta de ritmo de jogo do atleta. "Vamos ver no primeiro tempo. Se for necessário, substituímos", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVitória

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.