Desfalcado, Santo André recebe Cerro

Passado o nervosismo da estréia, o Santo André volta a campo pela Copa Libertadores nesta quinta-feira, às 19 horas, para enfrentar o Cerro Porteño, na primeira partida válida por uma competição internacional realizada no estádio Bruno José Daniel, no ABC. Apesar de vir de duas derrotas, para Deportivo Táchira, pela Libertadores, e São Caetano, pelo Campeonato Paulista, ambas por 1 a 0, o elenco demonstra confiança em sua reabilitação.O grupo garante estar motivado e trata a partida como a mais importante do ano, uma vez que a equipe ocupa a última colocação do Grupo 4, sem ter somado pontos. "Estaremos jogando em nosso estádio e na Libertadores é obrigação fazer o dever de casa. Respeitamos demais o Cerro e a sua tradição, mas se vencermos, terminaremos a rodada entre os dois primeiros do grupo, que é o nosso objetivo", explicou o técnico Luiz Carlos Ferreira, que terá problemas para escalar seu time.No clássico com o São Caetano, a derrota por 1 a 0 não foi o único prejuízo. O zagueiro e capitão do time Dedimar e o artilheiro Sandro Gaúcho saíram de campo lesionados e estão vetados. Com isso, o time terá Leandrinho no ataque e Gabriel na defesa. Além disso, o também zagueiro Da Guia, que já desfalca o time há algumas rodadas, também não tem retorno garantido, com o jovem Diego Padilha devendo ser mantido. No meio-de-campo, Rafinha e Alexandre Pinho brigam por uma vaga. Por conta nos problemas na defesa, o time vai usar o esquema 4-4-2, diferente do que vinha ocorrendo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.