Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Desfalcado, Santos tenta melhorar rendimento da defesa para superar o Sport

Equipe alvinegra obteve a primeira vitória no Brasileirão na rodada passada

Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2020 | 05h00

Aliviado após obter a primeira vitória no Campeonato Brasileiro, o Santos entra em campo nesta quinta-feira, às 19h15, diante do Sport, na Ilha do Retiro, com outros problemas a resolver. Para confirmar a recuperação, o time precisa melhorar o rendimento do seu sistema defensivo, que estará desfalcado, no compromisso válido pela quarta rodada da competição.

No último fim de semana, o Santos encerrou um jejum se seis jogos sem triunfos na temporada ao bater o Athletico-PR por 3 a 1, mas não conseguiu encerrar outra estatística negativa, pois completou o sétimo compromisso consecutivo sendo vazado pelos adversários. São 13 gols sofridos nessa série, iniciada antes da paralisação do futebol, em um clássico contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista.

Para deixar de sofrer gols, o Santos terá um outro desafio, além do Sport. O time, afinal, está com a defesa desfalcada. Após perder Luiz Felipe na derrota para o Internacional, por lesão, Vladimir e Lucas Veríssimo se contundiram durante o primeiro tempo do jogo com o Athletico-PR.

O problema forçou o técnico Cuca a acionar dois reservas pouco utilizados ate então no último domingo, algo que vai se repetir. João Paulo será o goleiro titular, sendo que até recentemente ele era apenas a terceira opção para a meta santista. E Alex será o companheiro de zaga de Luan Peres.

O restante da formação será a mesma do fim de semana, com a aposta no setor ofensivo nos pés de Marinho, afinal, o atacante vem em grande fase na retomada das competições, com cinco gols marcados em cinco jogos disputados e participação nos outros dois que o time fez no período.

No ataque, além de Soteldo, ele terá a companhia de Kaio Jorge, que ainda tenta se firmar no ataque, em um cenário parecido aos vividos por Alex e João Paulo. Afinal, ele assumiu a titularidade após as saídas de Eduardo Sasha, que se transferiu ao Internacional, e Yuri Alberto, hoje no Internacional.

Porém, ainda não desencantou. A partida em Pernambuco pode ser uma boa chance para o jovem de 18 anos, natural de Olinda, ainda que os seus familiares não possam acompanhar o jogo no estádio. "Vai ser bom jogar em casa, meus familiares estão na região e irão me acompanhar, mesmo que de fora do estádio. É muito gratificante voltar a Recife, agora como profissional do Santos, e espero fazer uma boa partida", disse. 

Depois de estrear vencendo o Ceará, o Sport perdeu para o Vasco e empatou com o Atlético-GO. O time tem uma alteração certa no ataque. Emprestado pelo Santos, Lucas Venuto não vai poder enfrentar seu ex-clube. Assim, Rafael deve ser o novo companheiro de Élton e Marquinhos.

Para esse confronto, o técnico Daniel Paulista tem algumas dúvidas, já que Luciano e Ricardinho entraram bem contra o Atlético-GO e podem ser as novidades na lateral esquerda e meio-campo. Eles disputam posição com Sander e Betinho.

O zagueiro Rafael Thyere, o lateral Raul Prata, o volante Alan Santos e o atacante Leandro Barcia continuam em tratamento no departamento médico. Hernane Brocador, recuperando-se de uma lesão muscular na perna direita, segue de fora. Ele é o artilheiro do time na temporada, com cinco gols.

FICHA TÉCNICA

SPORT X SANTOS

SPORT - Mailson; Patric, Iago Maidana, Adryelson e Sander; Willian Farias, Betinho e Jonathan Gómez; Rafael, Élton e Marquinhos. Técnico: Daniel Paulista.

SANTOS - João Paulo; Pará, Alex Nascimento, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo. Técnico: Cuca.

ÁRBITRO - José Mendonça da Silva Junior (PR).

HORÁRIO - 19h15.

LOCAL - Ilha do Retiro, no Recife (PE). 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.